segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Que tal um cara legal?

Hô hô hô colherada!

Então é natal e̶ ̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶v̶o̶c̶ê̶ ̶f̶e̶z̶?̶  ! A época mais esperada do ano pra muita gente. Quando eu era criança e recebia presentes eu também adorava; quando passei a ter que comprá-los deixei de achar a época tão fascinante. Entretanto, não é por isso que eu estou aqui hoje. Quero falar de um assunto que eu li em outro blog e que a princípio eu não tinha a acrescentar ou discordar. Após ter lido os comentários eu percebi algumas coisas relevantes. Comecei a escrever um comentário lá, mas começou a ficar grande demais. Assim, resolvi escrever uma postagem para meus queridos leitores imaginários! =D

Que tal um cara legal?

Parece fácil responder né?! Se você é mulher, acho muito provável que vai dizer sim sem nem pensar em pensar duas vezes. Pois bem. A postagem que li, do thebrowcode abordava esse tema sob uma ótica diferente da que pretendo aqui. A ideia lá era apontar que era um mito esse lance de "dedo podre" da mulher. Que na verdade, o cara é um mau-caráter; isso é geralmente sabido por ela e alertado por suas amigas; e ela sai com ele ainda assim. O título da postagem é "Você tem o dedo podre?" Leiam! É curtinho, rápido e está bem legal, eu vou usar esse texto como ponto de partida.


E aí... você TEM o dedo podre? Você só arranja homem cafajeste pra sua vida?

É bem verdade que sempre ouvimos mulheres se queixando que não conseguem encontrar caras legais e vários caras legais do outro lado se queixando que não conseguem se dar bem com as mulheres. Faz sentido? Faz sim.

Acontece que geralmente esses caras legais são tímidos, inseguros, não têm lábia, nem são dominantes. Isso não é o que a mulherada procura. Já percebeu que posições de poder atraem muitas mulheres? Não estou falando de ser o presidente dos Estados Unidos não. Ser um professor de classe já é o suficiente. Se é algum artista da grande mídia então... O instinto age nessa hora, a mulher procura o macho alfa, o que exerce domínio sobre os outros naquela ocasião. Esse cara é o cafajeste, cheio de lábia, sabe falar o que você quer ouvir. Te leva pra cama, te usa, depois parte pra outra. Pode fazer isso com várias, e faz mesmo! Quem não faria se pudesse? Eu, particularmente, sou um cara legal, porque não tenho lábia. Se tivesse eu provavelmente a usaria para o mau! M̶U̶A̶H̶U̶A̶H̶U̶A̶H̶U̶A̶H̶U̶A̶.

Pois é, depois que o bad boy parte pra próxima neguinha vem reclamar que nenhum homem presta, que tem o dedo podre, que o escambau. Homem com as qualidades que as mulheres (verdadeiramente) querem tem! Machos alfa que são fieis, atenciosos, não são galinhas, cavalheiros (a lista de qualidades "essenciais" é bem grande)... Sério, existem! Agora, não é fácil, são poucos. Quando achar ainda vai ter que entrar na fila.

Enquanto espera você vai ter que se virar com o que tem pra hoje: o macho alfa, com lábia, manha, dominância, mas só quer te usar; ou o cara legal, sem manha, nem lábia, nem dominância, mas que vai, em resumo (bem redutivo), te mimar.

É isso. Essa eterno dilema entre o carnal e o sentimental. No seu caso, quem ganha?




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Ir para Topo